Transformação - o ruivo perfeito

Já fazem alguns meses que andava com uma ideia fixa na cabeça: mudar o tom de cabelo. Mas não era, assim, qualquer tom. Quem me conhece sabe que fazem anos que eu tenho uma fixação pelo ruivo. Mas não é qualquer ruivo, é aquele tom natural, sabe, nasci assim? Aquele ruivo com quase nenhum fundo vermelho ou rosado, mas com reflexos laranjinhas e dourados, sabe?  Aí eis que um dia tomei coragem e decidi: vou virar ruiva natural! Como essa não é uma tarefa fácil pras meninas que não nasceram assim, aguentem que o post está longo!

Depois de devidamente selecionadas as lindas inspirações (gente, muito óbvio Julia Petit, Marina Ruy Barbosa, Christina Hendricks e Florence Welch? Culpa delas de ter o cabelo lindo), o próximo (e muito importante) passo era escolher onde fazer. Já fazia algum tempo que queria conhecer os serviços do Ânimma, então aproveitei a deixa pra ir lá testar a coloração. E, olha só, me animei ainda mais quando soube que eles trabalhavam com a tintura da Keune!

Para quem não sabe, essa é a mesma tintura que o Marcos Proença usa em seu salão. Também, segundo minhas pesquisas online, é uma das marcas que tem a maior quantidade de tons acobreados! Na primeira foto, no retângulo a direita, podemos ver os tons 7.43, 7.44, 8.43, 8.44 e 9.43. Os tons .4 são tons acobreados, enquanto os .43 são acobreados dourados. São esses números depois do ponto que dizem o reflexo que o cabelo vai ter (se dourado, acobreado, irisado, etc). No cantinho esquerdo, eu destaquei o possivelmente mais famoso tom da Keune no Brasil: o 8.34, o tom que segundo boatos é utilizado pela Julia Petit.

Pois bem, conversando o Jak Fontes, optamos por uma mistura entre dois tons, 7.43 e 7.44, já que queria uma coisa realmente cobre. Fiquei apaixonada pelo Jak, sabe quando você encontra um cabeleireiro que realmente está entendendo o que você quer e vai fazer daquele jeito? Então, esse foi nosso caso!

(Agora é a hora que vocês ignoram minha cara de crazy sem maquiagem nas fotos pelo bem do jornalismo investigativo.) 

Mas okay, o ponto é que meu cabelo não estava mais virgem, sabe como é? Na verdade, eu já tinha começado minha saga ruiva, e comecei com um 8.34 da Majirel. Mas sabe quando o resultado não é o que você espera? Ficou ruivinho e tal, mas não ficou aquilo que eu queria! Mas como ele já estava tingido, precisei primeiro fazer uma limpeza da cor dos fios. Isso é feito com pó descolorante e uma água oxigenada de baixo volume. Aplica no cabelo e espera alguns minutos para o tom abrir. É isto que está sendo feito nas duas primeiras fotos da montagem acima. Depois de lavar, o cabelo estava com um tom meio engraçado de castanho aloirado, mas estava com as cutículas bem abertas para receber a nova pigmentação. 

Mas aí nada de ser afobada e jogar a tinta no cabelo! É importante primeiro fazer uma pré-pigmentação, para evitar que o tom desbote rapidamente (e deus sabe como os vermelhos e ruivos são cruéis nesse aspecto). Só depois da pré pigmentação (feita apenas com a tinta, sem misturar a OX) que a tintura é passada como tradicionalmente. Nessa altura do campeonato eu já estava morrendo de curiosidade! Estão prontos para o antes e depois?

Eu simplesmente amei o resultado. Sabe quando você sai do salão apaixonada pelo seu próprio cabelo? Pois bem! Ficou um tom lindo de ruivo irlandês, bem alaranjado, que mudava bastante os reflexos de acordo com a luz. A foto com o Jak, aí em cima, é a que mais se aproxima do resultado real (apesar dele estar ainda um tanto mais claro).

Nessa foto, com a Michelle, dona do Ânimma e super querida, ele já aparenta estar bem mais claro, percebem? Mas é só o efeito da luz. Adoro essa coisa de ficar de tom diferente.

Mas e aí, o que vocês acharam? Já me adaptei bastante com a cor, juro pra todo mundo que nasci com o cabelo assim! 

Quem quiser fazer uma transformação, super recomendo o Jak e o Ânimma. O salão fica na av. Anízio Azevedo, 621, no Salgado Filho. Qualquer coisa é só agendar pelo telefone: (79) 3246-4688.


Beijos!


Clássico de beleza

E aí, pessoal! Hoje viemos (eu e a equipe da RT Maquiagem Profissional) dar dicas de como usar um dos grandes clássicos da maquiagem: o batom vermelho!

É só o inverno chegar que os tons fechados ficam cada vez mais usuais, já perceberam? Isso porque eles nos remetem a sensação de calor, aconchego, conforto. Então nesse inverno, as cores vermelhas, marrons e roxas são as mais escolhidas na hora de elaborar o make. Mas o batom vermelho não é mais uma tendência, batom vermelho é um clássico. E, melhor, é daquele tipo de clássico que dá pra usar em todas as ocasiões, sabe como é?

O vermelho é muito usável, e faz sucesso desde os tempos da Marilyn Monroe.  Transmite a sensação de saúde  e não perde o luxo da estação, por isso podem abusar dessas belezuras que garantem a feminilidade em qualquer tom de pele deixando-a mais sexy e chique.

Mas quer saber como pode usar sempre esse clássico? Com um pouco de  ousadia, a combinação de olhos bem delineados (e até levemente esfumados) com os lábios em cores fortes torna-se uma alternativa poderosa. Mas é comum que algumas meninas possam não se sentir seguras com um make tão elaborado, né?  Se for o seu caso, aposte então em uma maquiagem mais leve para a região dos olhos. O delineador fininho - só pra marcar o contorno dos olhos - e a boca vermelha deixa a mulher super elegante, ótimo para encarnar a diva da Hollywood antiga na próxima festinha.

Mas a verdade é que o batom vermelho não é exclusividade do inverno. É claro que todo mundo está correndo para usar seus tons de vinho e vermelhos mais escuros nesse inverno, já que é a tendência absoluta do inverno. Mas os vermelhos mais abertos também ficam lindos não só agora como no verão, tanto a noite quanto de dia. Então vamos sair da zona de conforto e aderir?

Mas, como tudo em maquiagem, é preciso ter alguns cuidados com a pele antes de usar. O batom escuro tende a craquelar, principalmente se a temperatura for baixa. Então, antes de aplica-lo, faça esfoliação e hidrate os lábios com um balm antes de iniciar a maquiagem. Enquanto a pele e os olhos ficam prontos, o hidratante seca – tempo  necessário para aplicar o batom sem medo de ressecar os lábios,. Além de aumentar sua durabilidade do batom, lábios hidratados ficam muito mais bonitos, né?


Super achados da semana

Eba! Chegou a hora da tag mais querida desse blog! Já disse mais de uma vez, mas não custa repetir: com um pouco de disposição e paciência (e, algumas vezes, mãos habilidosas), a gente não precisa gastar muito para trazer as tendências pro guarda-roupa. Então é pra isso essa tag, para compartilhar meus achadinhos com vocês, num mix de inspiração e serviço de utilidade pública.

Querem ver o que tem por aqui nessa semana? Vou começar por um que eu NÃO PUDE deixar de levar pra casa, essa calça de couro ecológico (adoro quem fala couro ecológico, acho um jeito super chique de falar couro fake) da C&A, por apenas R$39. Passeia sempre pela loja e perdeu essa calça por lá? Pois bem, é porque a querida era da seção infantil! Quem é menor/mais magrinha não pode deixar de conferir essa parte das lojas de departamento, garantia de peças de estilo por preço reduzido. E nem achem que tem que ser muito baixinha ou algo do tipo, eu tenho 1,76m de altura e o tamanho 16 serviu muito bem.

Depois do maior achado da semana, os outros vão parecer até um pouco sem graça. Mas ainda assim, todo mundo gosta de um bom sapato novo. Então, ainda não achou a bota para chamar de sua nesse inverno?

Fiquei totalmente apaixonada por essa bota da Sonho dos Pés. É um daqueles modelos quase perfeitos: lindo, super confortável e com o salto do tamanho ideal para o dia a dia, sabe? O solado emborrachado também é ótimo para evitar escorregões (para mim, solas de couro = acidente). Pode não ser totalmente de graça, mas com certeza é uma peça que vale o investimento.

Ainda na Sonho dos Pés, achamos exemplares dessa tendência que chegou com tudo, os slippers. Os modelos da loja são de pelo sintético, em três cores. Os sapatos baixos são ótimas alternativas mais atuais às sapatilhas, colocando um diferencial (ainda confortável) ao look. Muito amor pelo modelo de oncinha! 

E aí, pessoal, curtiram os achados dessa semana? Quem tem Instagram me segue lá (@teabianchi), que eu estou sempre postando os achados em tempo real!

Beijo!


The Naked Man - Stone Bonker

                                                                                                                                     - Por André Luis

Saiu recentemente o lookbook da coleção Outono/Inverno 2012 da Stone Bonker e eu não podia deixar de compartilhar com vocês, até porque os caras mandaram muito bem! Para quem ainda não conhece, a Stone Bonker (www.stone-bonker.com/) foi fundada em 2007, lá em Sampa. O termo Stone Bonker é uma gíria inglesa que quer dizer “louco de pedra” e a marca faz jus a expressão, trazendo sempre peças inovadoras e ao mesmo tempo com um toque tradicional. Vale a pena dar uma conferida, especialmente nessa nova coleção que está impecável!

Seguindo a linha da Pantone, que divulgou quais seriam as cores do Outono/Inverno 2012 para looks masculinos, nós notamos que muitas dessas estão na coleção que a Stone Bonker criou. A grife utilizou de cores mais neutras e sóbrias para criar uma coleção sofisticada, repleta de blazers, sweaters, trenchcoats, que são ótimas peças para nosso guarda roupa. 

Mas nós não só encontramos cores neutras e frias na coleção. Para quebrar com certo rigor de algumas peças, a gente percebe cores mais quentes e fortes nas calças, incluindo a calça ferrugem que promete ser “hit” nesse Outono/Inverno, junto com esse contraste de cores.

 Os calçados não ficam nem um pouco pra trás, sendo a bota ainda uma excelente escolha para esse inverno. Que acharam? Não dá vontade de comprar tudo?


Pigmentos - como usar?

Os pigmentos são a sensação do momento, o queridinho da mulherada que curte maquiagem. Eles têm um brilho único e dão um ar de sofisticação e glamour na dosagem certa.Para nossa felicidade, o mercado já está cheio dessas delícias, com cores que variam desde as mais claras até às mais escuras, e das cintilantes às opacas. Mas a grande maioria tem cores acentuadas e cintilantes.E tem diferença entre sombra e pigmento? Tem sim!

Quer aprender saber diferenciar cada um, entender o momento certo de usá-los, com seus pontos negativos e positivos, e como usá-los para que se tornem uma importante ferramenta de beleza?

Vamos às dicas: o pigmento é praticamente a matéria-prima da sombra, tanto que elas são em pó solto, quase sem misturas, o que faz toda a diferença na maquiagem, dando um efeito especial. Mas tem a desvantagem da fixação que, por ser solta, exige algumas técnicas de uso, mas nada que alguns truques e dicas não resolvam. 

primer de olhos (ou potencializador de sombra) é um item indispensável para garantir que a belezura fique no lugar.  O pincel deve estar úmido, para que ele  grude e se solte na pálpebra, com pequenos toques. Outra coisa importante é a quantidade a ser aplicada, que não pode ser muita, pois as cores já são sempre bem acentuadas e o excesso poderá pesar o seu look. Aí não vale, porque vai deixar de ser glamouroso para ser carregado. Tem que saber dosar direitinho, meninas, esse é um daqueles casos em que menos é sempre mais. Pode também ser usada em cima da sombra, só pra dar um ponto de brilho no centro da pálpebra ou no canto interno como ponto de luz.

Alguns cuidados devem ser tomados para o pigmento não se tornar o vilão da produção!  Se exagerar na quantidade, você pode correr o risco de carimbar o côncavo, e/ou  perder um pouco da intensidade da cor. Isso acontece se for aplicado em excesso, porque  é solto, e se  não estiver bem fixado, ele se perde no ar.

Ainda não sabe onde encontrar os pigmentos pra incrementar sua nécessaire? Então a gente te ajuda! A Rosangela, da RT Maquiagem Profissional, recomenda algumas marcas para o Naked:

1 -  Queridinhos dos maquiadores, os pigmentos da MAC (R$99, no site da Sack’s) são os mais famosos. A marca conta com uma variedade enoorme nas cores e acabamentos, além dos potes serem bem grandes. Se não for maquiadora profissional, vale até dividir a compra com uma ou duas amigas!

2 - Os pigmentos da NYX vão bem na linha do que proposto pela MAC: variedade enorme de cores e acabamentos. Até a embalagem lembra a da prima rica! O legal é que a NYX apresenta uma ótima qualidade por um preço bem mais em conta. Não sei exatamente o preço nas lojas aqui no Brasil, mas deve ser algo em torno dos R$25. Quem quiser economizar, vale comprar pelos sites gringos (como o Cherry Culture e o Nonpareil), onde o frasquinho sai por algo em torno de U$2,50. Muito bom, não?

3 - Mas os pigmentos mais fáceis de encontrar, mesmo, são os da Contém 1g. Praticamente o Brasil todo tem lojas e stands da marca, que vendem seus pigmentos como sombras em pó, com preços em torno de R$16. Única representante nacional na nossa lista, a marca tem uma qualidade bem digna e uma variedade de cores também satisfatória, ótimo pra quem ainda não pode colocar as mãos no seu frasquinho da MAC!

E aí, meninas, o que acharam? Qualquer dúvida e sugestões para próximos posts de make vocês podem deixar nos comentários, ou mandar pro e-mail da RT Maquiagem Profissional (rtmaquiagemprofissional@gmail.com), que cuida da parte de maquiagem aqui no blog. Lembrando que as meninas promovem cursos incríveis, vale a pena ficar atento a programação! Curte lá as páginas no facebook da RT Maquiagem Profissional e do Naked is Better.